terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Acidente entre bonde e veículo na Rua Barão do Rio Branco em 1936. Acervo: Cid Destefani. Gazeta do Povo, Coluna Nostalgia (27/02/2000)























Gazeta do Povo, Coluna Nostalgia (Cid Destefani, 27/02/2000)

"(...) Há alguns anos nos foi entregue uma fotografia de um acidente entre um bonde e um automóvel pelos peritos de criminalística Roberto Werbitzki e Carlos Eduardo Martins Mercer. A imagem foi tomada quando a Polícia Técnica atendia os acidentes de trânsito para fazer o levantamento e fornecer o devido laudo técnico.

O aludido acidente ocorreu na Rua Barão do Rio Branco em frente ao nº. 239 em cujo prédio funcionava a Tinturaria a Vapor Indiana de propriedade de Arthur Meister, no dia 4 de novembro de 1936, quando chovia bastante. O bonde da Cia Força e Luz nº. 119 que fazia a linha da Praça Tiradentes - Portão, via Rua Barão, trombou com o automóvel marca Rugby de placa P 2-337, de propriedade de Júlio Meister Sobrinho. O referido veículo saiu do seu estacionamento não dando tempo para que o motorneiro do bonde, Eduardo Pawloski conseguisse parar o coletivo rapidamente. Além disso, os trilhos molhados fizeram o bonde deslizar. Os prejuízos foram de pequena monta. (...)"

Nenhum comentário:

Postar um comentário